Logótipo Próximo Futuro

The first publication “JAMAN” will be launched in November 2012

first publication JAMAN

Newspaper stand in Yaounde

Editors: Annette Schemmel and Marjolijn Dijkman
Production: Annette Schemmel, Marjolijn Dijkman, Amélie Bouvier
Partners: ArtBakery (Douala, CM) , DiARTgonale (Maroua, CM)
Support: Arts Collaboratory (NL), Stroom (NL), IFA (DE)
Artists so far: Marjolijn Dijkman, Beate Engl, Nicolas & Rosa Eyidi, Andrew Gilbert, Christian Hanussek, Paul Hendrikse, Dunja Herzog, Achillekà Komguem, Salifou Lindou, Vincent Meessen, Alioum Moussa, Justine Ngaga, Nyemb Popoli, Louis-Marie Pouka-M’Bague, Pascale Marthine Tayou, Maarten Vanden Eynde, Hervé Yamguen
Other contributors so far: Michaela Oberhofer, Nav Haq, Anschaire Aveved, Matthias de Groof
Graphic designer: Indre Klimaite

Four years of discussions, artistic residencies, exhibitions and collaborations between Cameroonian and European artists in the framework of the project “Present Perfect” have led to a series of contemporary art magazines. Three magazines to be launched between Nov. 2012 and 2013 reflect on a specific South-North relationship: the past and the present of cultural import and export of Cameroon with the so-called West. DiARTgonale, a Cameroonian artist journal hosts this series. Each edition is headed by co-productions of Cameroonian and Dutch / German / Belgium artists and explores a specific subject matter in depth. The bilingual journals (FR/EN) are distributed as printed matter throughout Cameroon and Europe and as digital download as well as tablet application on the internet subsequently throughout 2012 and 2013.

The first publication “JAMAN” will be launched in November 2012.

The long-term project “Present Perfect” explores phenomena of cultural import and export in case-studies (new productions) with the tools of contemporary art. A continuous conversation with art professionals from Cameroon determined the geographical horizon of this project. Since 2009 a range of research travels, residencies, talks, events and exhibitions in out of Cameroon have organically shaped the project.

Para saber mais sobre o projeto "Enough Room For Space", basta navegar até aqui.

"How to change your view of Africa"

Publicado6 Fev 2012

Etiquetas África chimurenga jornal lagos nigéria simon kuper

Chimurenga, a pan-African English-language journal, depicts the continent’s horrors, sometimes from very close...

I once had coffee in Cape Town with a Cameroonian named Ntone Edjabe. He ran an English-language journal called Chimurenga, but what I remembered from our chat were his vignettes of Lagos (where he’d studied) and Johannesburg (where he went next). In Lagos, he said, you’d be driving down the highway and suddenly see a guy selling cars on the highway. Lagos was crazy, and yet it felt entirely safe. Whereas Johannesburg seemed sane, but never felt safe.

I sent Edjabe some articles, but otherwise forgot about Chimurenga until a recent issue arrived in the mail. (Declaration of interest: I’m proud to say I have an article in it.) I read it and was staggered. I’d always thought the zenith of journalism was The New Yorker, but in parts, Chimurenga is better.

It’s also more surprising: I love well-off media types from New York or London, but by now we do tend to know how they think. By contrast, reading Chimurenga you keep thinking, “Who knew?” Who knew that (as one article recounts) Bloemfontein has a literary scene of authors and critics writing for no money, guided by a Nigerian immigrant, and headquartered in an Afrikaans literature museum? Chimurenga changes your view of Africa, and of journalism.

Para ler o artigo completo de Simon Kuper, basta clicar aqui.

save the date: 15 e 16 de Novembro (Lisboa)

O Jornal PRÓXIMO FUTURO N.º 8 já está no prelo! A capa é da artista americana de origem sul-africana Ayana V. Jackson (n. 1977), que participou nos Encontros Fotográficos de Bamako que estiveram expostos na Gulbenkian (em Lisboa) até Agosto passado, no âmbito do Programa PRÓXIMO FUTURO.

PROGRAMA GULBENKIAN PRÓXIMO FUTURO – NOVEMBRO 2011

Em parceria com o PROGRAMA GULBENKIAN DE AJUDA AO DESENVOLVIMENTO, co-produzido com o THÉÂTRE DE LA VILLE (Paris) e a Casa da América Latina (Lisboa), com o apoio da CML e da Embaixada do Peru.

CONFERÊNCIAS LISBOA - PARIS

15 Terça / 09h30 - 17h30

“Observatório de África e da América Latina”

SEMINÁRIO

Edifício-sede da Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa), Aud. 3

Entrada livre

Oradores/investigadores: Alexandre Abreu (CEAD, ISEG/UTL), Ana Sécio (FCH/UCP), António Pinto Ribeiro (PGPF, UCP), Fátima Proença (ACEP), Frederico Duarte (FBAUL), Luísa Veloso (CIES, IUL), Magdalena López (CEC, FLUL), Sofiane Hadjadj (Éditions Barzakh, Argélia)

Primeira apresentação do “Observatório de África e da América Latina”, resultante dos workshops de investigação que o Programa Gulbenkian Próximo Futuro concretizou desde 2009, no qual serão proferidas comunicações de investigadores ligados a universidades, centros de pesquisa e organizações não-governamentais.

Fruto da parceria com o Théâtre de La Ville de Paris, este modelo de seminário será concretizado no dia 17 de Novembro, na capital francesa com investigadores aí radicados.

16 Quarta / 10h00 - 18h00

“Percepção e representação contemporâneas de África e da América Latina”

LIÇÕES PRÓXIMO FUTURO

Edifício-sede da Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa), Aud. 2

Entrada livre

Conferencistas: Gustavo Franco (Brasil), Benjamin Arditi (México/Paraguai), Serge Michailof (França), Elikia M’Bokolo (República Democrática do Congo/França)

Ciclo de conferências do Programa Gulbenkian Próximo Futuro, co-produzido com o Programa Gulbenkian de Ajuda ao Desenvolvimento e o Théâtre de La Ville de Paris, onde as Lições serão proferidas no dia 18 de Novembro.

EXPOSIÇÕES LISBOA - PARIS

  

16 Quarta / 19h00 (inauguração)

“Subtil Violência”, de Roberto Huarcaya

Curadoria: António Pinto Ribeiro

Palácio Galveias

Horário: Ter a Sex 10h-19h; Sáb, Dom 14h-19h

Entrada livre

18 Sexta / 19h00 (inauguração)

“Nollywood”, de Pieter Hugo

Co-curadoria: Federica Angelucci e António Pinto Ribeiro

Théâtre de La Ville, PARIS

 

Mais informações no site do Próximo Futuro e/ou através do email proximofuturo@gulbenkian.pt

já à vista na sede da Gulbenkian: Bamako-Lisboa!

Breve reportagem sobre a exposição "Fronteiras" (8.ª Bienal de Bamako/MALI), apresentada pelo Programador-Geral do PRÓXIMO FUTURO

A mostra foi inaugurada na 6f.ª passada, tendo contado com a presença de 739 pessoas! Durante o seu primeiro fim-de-semana recebeu 1088 visitas: 200 no Sábado e 888 no Domingo (dia em que a entrada é gratuita).

visita guiada à exposição nesta 4f.ª, 18 de Maio (Dia Internacional dos Museus), das 18h às 19h. E nos próximos três Domingos - dias 22 e 29 de Maio e 5 de Junho -, sempre às 15h30, também já estão agendadas visitas guiadas por Lúcia Marques.

Aqui há um atalho para fazer download do Encarte da Exposição e aqui encontram o novo jornal do PRÓXIMO FUTURO, acabadinho de sair do prelo, já com toda a programação para Junho e Julho. 

Mais informações, bilheteiras on-line e contactos do PRÓXIMO FUTURO aqui.

Já saiu o novo número do JORNAL Próximo Futuro!

Já saiu o número 7 do Jornal do PRÓXIMO FUTURO! 

Atalho para download aqui.

E aproveitamos para lembrar que HOJE, às 16h30, as curadoras Michket Krifa e Laura Serani, responsáveis pelos 8.ºs Encontros de Bamako, dão uma visita guiada à exposição "Fronteiras"(inaugurada ontem no edifício-sede da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa). A visita será dada em francês.

O ingresso na exposição custa 4 Euros (excepto aos Domingos, que têm entrada gratuita). Mais informações sobre horários, bilheteiras, contactos, aqui.