Logótipo Próximo Futuro

Escuela

Encenação e dramaturgia: Guillermo Calderón

(M12)

Durante o mês de agosto pode reservar o seu bilhete através do email proximofuturo@gulbenkian.pt 

6 Set 2014 - 21:30 | 7 Set 2014 - 19:00 | 8 Set 2014 - 21:30

Teatro do Bairro

Entrada 15 €

“Qualquer ação de resistência da parte de grupos extremistas obriga as Forças Armadas a adotarem as mais drásticas sanções, não só contra os agressores, como também contra os detidos ou submetidos a prisão domiciliária e a constante vigilância. As Forças Armadas e as Forças Policiais Chilenas serão implacáveis na manutenção da ordem pública, para o bem de todos os cidadãos chilenos. Por cada vida inocente, serão imediatamente executados 10 elementos desse indesejável grupo de Marxistas, de acordo com as disposições legais que Código de Justiça Militar estabelece em tempo de guerra.”

30.ª Divisão da Intendência da Província de Cautín, Temuco, Chile, 17 de setembro de 1973.

valentino_saldivar

© Valentino Saldivar

Foi contra este tipo de ameaça que, durante a década de 1980, um grupo de militantes de esquerda recebe instrução paramilitar para resistir e derrubar a ditadura. Os conteúdos expostos nesta produção retratam a atividade e as aspirações de uma geração que fez uso de todos os meios que tinha à disposição para atingir a justiça e a liberdade. O resultado é uma obra inquietante, subtilmente construída ao longo de 90 minutos pela capacidade única de um dos maiores encenadores contemporâneos, o chileno Guillermo Calderón de quem o Próximo Futuro já apresentou Neva, Villa e Discurso.

Dramaturgia e Encenação: Guillermo Calderón
Assistente de encenação: Maria Paz González
Elenco: Luis Cerda, Francisca Lewin, Camila González, Carlos Ugarte e Andrea Giadach 
Design de Produção: Loreto Martínez
Música: Felipe Bórquez
Produção: Fundação Festival Internacional de Teatro a Mil

Coapresentação: Festival Santiago a Mil, Programa Gulbenkian Próximo Futuro

 

Teatro do Bairro
6 setembro: 21h30
7 setembro: 19:00
8 setembro: 21:30

Cine-Teatro Louletano
11 setembro: 21h30